sábado, 26 de julho de 2008

NOS MOMENTOS DE SOLIDÃO

Bem no fundo do meu ser homem
Encontro uma fragilidade.
Nos meus momentos de solidão
Liberto esta estranha sensibilidade.

Em publico sou um homem,
E os homens não choram!
Mas nos meus momentos de solidão
Sofro, choro e entrego-me ao amor...

Nestes meus momentos de solidão
Reconheço e tão bem me apercebo
Que vivo como um homem,
Mas amo como uma mulher.

2 comentários:

pcso lotto results disse...

So that those who will accidentally visit your site will not waste there time with this stupid topics.

powerball lottery numbers disse...

that's way too cool.